Aviso!

Olá caro humano, seja bem-vindo ao nosso mundo sobrenatural! Se essa é sua primeira vez aqui, recomendo que comece a lê por nossa primeira história, “O Sequestro”, que pode ser facilmente encontrado se você abrir o botão da primeira geração, Detectives, que fica no menu acima. Caso você seja um de nossos fãs, tenha uma boa leitura e não esqueça de comentar, ou caso contrario, kraismos morderá todos vocês, isso se Castiel não lhe bater primeiro.

sábado, 31 de dezembro de 2016

48 - O dia da ascensão


 

Toda mentira é facilmente perdoada, menos quando vem de um amigo, pois ela é a que mais machuca. (Castiel)



I

Quatro meses após a ascensão


Os oito magos de cristal estavam ao redor de Perola, que estava sendo protegida por sua barreira.
-Seu reino de maldades acaba aqui criança. –Disse Alan com uma esfera de energia azul em suas mãos.
Uma esfera semelhante estavam nas mão de cada um dos magos, cada qual com sua respectiva cor.
A garotinha de cabelos brancos os encarou e disse.
-Vocês nunca conseguiram passar por minha defesa no nível em que estão. O máximo que conseguiram será serem mortos.
-Cali essa sua boca. –Avareza disse a encarando com fúrias nos olhos. –Você pagara por seus crimes Perola.
Os magos avançaram em alta velocidade saltando e acertando em cheio a barreira da garota que agora olhava para os lados tentando ver os múltiplos golpes recebidos.




No dia da ascensão

II
-Essa sensação de medo não passa. -Disse vaidade.
-Faltam poucas horas para estarmos na presença do bruxo mais poderoso dessa terra, é normal que sua energia esteja oscilando. –Respondeu Shin.
-A Cúpula provavelmente estará lá, não é mesmo? –Castiel perguntou de forma seria.
-Sim, estará. –O garoto respondeu.
-Isso será um problema, já que pelo que você nos contou, ela está interessada em nossos poderes. –Alan tomou a palavra.
-Sim, mas creio que o próprio regente faça parte da Cúpula. –Disse Iago. –E creio que para você e Violet, seja impossível fugir vivos de uma ordem dada por ele.
Shin suspirou fundo e disse.
-Elion é diferente do restante da Cúpula, e nem todos os membros dela são assim, creio que Swan pense diferente dos demais, e o novo integrante, seja o braço direito do regente que ascendera hoje.
-E com diferentes você quer dizer. –Castiel o questionou.
-Quero dizer que se ele por a mãos em vocês primeiros, seria a melhor coisa que poderia vir acontecer, vocês seriam livres e teria acesso as mais poderosas magias desse mundo.
Inversa assoviou e disse.
-E porque você está nos dizendo isso agora?
Shin o encarou e disse.
-Para tentar acalmar Violet, ela está soando frio.
-Desculpa. Eu não consigo evitar. –Respondeu ela.
-Só tente se acalmar. –Disse ele. –Yumi! –Gritou ele por fim.
Uma linda jovem surgiu segurando vários capuzes na cor preta.
Confusa Castiel disse.
-Essa é a sua criada robô? Ela está idêntica a um ser humano, você está ficando bom mesmo nisso garoto.
-Acho que o sentido de ser um sintozóide é esse, parecer com um humano, mas enfim, obrigado! Yumi entregue um a cada. –Shin observou o sintozóide entregando as vestes e disse. –Não podemos chegar na cerimonia usando qualquer tipo de roupas, obrigatoriamente as vestes são pretas, como já disse a vocês, e aproposito, obrigado por me ouvirem. –Ele disse observando todos vestidos de preto. –Coloquem  esse capuz e os prendam com as joias de vocês, dará um certo ar misterioso.
-O.K. –Disse Luxuria por fim. –E como iremos a essa cerimonia? Até onde eu saiba só estamos sentindo um frio na barriga, nenhum convite foi entregue informando o endereço.
Shin baixou a cabeça em resposta e suspirou fundo antes de prosseguir.
-Alan e Violet como já são do clã, serão teletransportados, os demais deveram me seguir pelo portal, a cerimonia será em Bruxelas, capital da Bélgica, mas alguma pergunta idiota? Achei que não, Alan e Violet, Mesmo tendo o privilegio indo por teletransporte, gostariam de ir com a gente pelo portal? Terá muitos magos lá, creio que seja melhor se ficássemos próximos.
-Por mim tudo O.K. mas deixaremos Angel aqui? –Perguntou ele apontando para o outro que até agora estava sendo ignorado.
Shin o encarou e disse.
-Bom, se você se responsabilizar como dono dele, creio que não teremos problemas.
-Dono? –Angel disse confuso.
-OS humanos são uma raça inferior aos bruxos. –Dessa vez era Castiel que estava o respondendo. –Raramente eles sabem de nossa existência, e os poucos que sabem são seus representantes, desde os governamentais como os religiosos, e eles são usados pela Cúpula como meros escravos. Alan poderia lhe ter com a desculpa que você seja útil com a espada ou que tenha influencia com algo grande. Sendo assim você poderia ir com a gente.
-Esquece, prefiro ficar aqui com Yumi e as demais sintozóide.
-Vamos cara vai ser legal. –Disse Alan com os olhos brilhando.
O de cabelos coloridos serrou os olhos e disse.
-se você ao menos pensar em me chamar de servo ou escravo, juro pelos deuses que arranco seu “precioso” fora (trocadinho de palavras usando uma breve citação da obra O senhor dos anéis)
-Ai. –Disse Pan que havia acabado de chegar.
Alan encarou o amigo ajustado e disse.
-O.K. Cara, não precisa disso, relaxa irmão.
-Pan você está atrasada. –Disse Shin a advertindo. –Já estávamos prontos para irmos.
-Desculpe-me pelo atraso, estava perdida lendo que monde te arquivos que você me passou.
-Que seja. Vamos?
Os demais concordaram com a cabeça e seguiram o coreano pelo portal.
-Juro que não me acostumo com isso. –Disse Iago encarando uma a faixada da casa que acabou de sai.
-Deixem para apreciar a arte de minha magia uma outra hora, temos que ir rápidos, ou não pegaremos bons lugares. –Disse Jiho avançando na frente dos outros.
Os oito atravessaram a cidade com sua roupa voando ao vendo, o clima não estava frio ou quente, estava tranquilo e agradável, a lua estava linda e o seu estrelado sem índices de nuvens, estava simplesmente uma noite perfeita.
Os corpos deles se moviam por conta própria, e ao chegarem em um bosque Alan perguntou.
-Ainda estamos no mundo humano?
-Este lugar está checado por uma neblina magica poderosa. –Disse Iago. –Essa neblina é a que eu usei quando estava na Angolar com Castiel, só que...
-Só que ela é no mínimo dez mil vezes, mais poderosa que a sua. –completou a garota com a pedra vermelha.
-Contemplem o poder dos anciões. –Disse Shin.
-Anciões? –Disse Luxuria, achei que a Cúpula era a poderosa.
-Vejam só. –Shin começou a explicar. –Existe três polos de poder. A Cúpula é que governa todo o mundo magico, os anciões são um grupo responsáveis com determinados rituais, como a elaboração da ascensão, e são eles que servem como bateria para essa nevoa protetora e para o teletransporte dos magos, sem contar que os mesmos fazem diversos outros rituais, e algumas vezes a Cúpula pede conselho, ou até mesmo ambos precisam entrar em um consenso para colocar um plano em ação no caso de uma guerra por exemplo. E por fim temos o concelho, que são espíritos ancestrais que tomam determinadas decisões, como no caso, foram eles que resolveram esconder a real identidade do atual regente do mundo magico.
-Espera, mas você sabe o nome dele. –Disse Angel confuso.
O outro o encarou e não vendo saída disse.
-Temos um passado juntos, éramos amigos, mas depois de uma coisa que aconteceu não faz muito tempo, o time Elion original se separou, e ele preferiu se afastar dos atuais amigos.
Castiel segurou firme na roupa de Shin e disse.
-Você era amigo do maior bruxo que poderíamos conhecer e não nos disse nada, cara, poderíamos ter resolvido o enigma do Mago dos Cristais a muito tempo sabia.
-Não, não teríamos. –Disse ele se livrando das mão da garota. –Mesmo que eu ainda falasse com ele, ele não se envolveria com vocês, a uma ordem de nomenclatura que devermos seguir, quando começamos  a investigar o poder misterioso de vocês a alguns meses, vocês eram fracos, como ainda são, jamais conseguiria encontrasse com ele, e além do mais, ficaríamos devendo um favor a ele, entronca da ajuda, e da forma que estamos, concordo que estamos bastantes enrolados, mas ao menos, não devemos nada a ninguém.
-Por esse lado, você tem ração. –Disse Inveja.
-Mas bem que você poderia ter nos contado isso antes. –Castiel disse o encarando.
-Para quê? –Alan tomou a palavra. –Se soubéssemos disso antes, teríamos pedido para que ele recorresse ao líder, e como ele já disse, ficaríamos devendo um favor a ele, e não sabemos se seriamos capazes de pagar.
-Isso não é tudo. –Shin voltou a falar. –Não somos os únicos que passam por dificuldades, Elion também tem os problemas dele, e não teria tempo para os nossos.
-É difícil de acreditar que a pessoa que provavelmente é o mais poderoso do mundo atual, passe por problemas. –Disse Violet.
-Nem tudo na vida deve ser resolvido com magia, algumas coisas são digamos monocráticas. –Finalizou ele olhando para os lagos parando o olhar sobre onde seria ascendida a imensa fogueira em menos de uma hora.
Eles não eram os únicos ali presentes, bruxos de todos os lugares do mundo começaram a chegar, alguns apareciam caminhando, outros simplesmente surgiam do nada e se dirigia a algum lugar.
Ao olhar para o altar Shin disse apontando.
-Vejam, aqueles sentados na parte mais baixa do altar, são os anciões.
-Como puta merda eles chegaram? Eu havia acabado de olhar naquela direção e eles não estavam lá. –Perguntou Luxuria.
-Essa é uma boa pergunta. –Respondeu o outro.
-Aquela é a cúpula? –Angel perguntou apontando para um grupo de nove pessoas subindo para o altar.
Ira bufou pelas narinas e disse.
-Aquele é o desgraçado do diretor Scott?
-Como Shin disse, aquele desgraçado estava nos observando desde o começo. –Respondeu Iago.
-Quais são os poderes deles? –Alan perguntou. –Shin, suponho que você saiba.
-Em relação a poder de liderança, todos possuem a mesma voz. –Ele começou a responder. –Com exceção do líder que não está lá em cima, ele é o único da Cúpula que pode mandar e desmandar sem precisar de votação. Mas voltando a sua pergunta, creio que falava sobre a magia de cada um. –O outro concordou com a cabeça. –O diretor Scott é líder da casa de Aranea, essa casa é especialista em venenos, aconselho a nunca beber nada dado por ele. Aquela se segurando em uma bengala é Almerinda, a necromante mais poderosa do clã, a rumores que dizem que ela fala diretamente com o Concelho, mas não sei se é verdade. O velho é Nicolas Flamel...
-Mentira? –Perguntou Pan, interrompendo o outro. –O famoso Flamel, criador da Pedra Filosofal?
-O próprio. –Shin voltou a falar. –Uma das consequência de forjar a pedra é forjar junto com ela o elixir da longa vida, e isso teu a ele uma vida mais longa que a de uma sequoia por exemplo, e não é só isso, dizem que a esposa dele ainda está viva. Aquela outra do lado dele é Evelyn, uma bruxa da lava, diferentes das bruxas vestais, que domina a arte do fogo, para ataque defesa e purificação, os poderes de Evelyn são mais grosseiros, queimando tudo o que toca, dizem se ela estiver com raiva e tocar em um humano ou mago, ele entrará em combustão espontânea, a vários rumores de bruxas desse tipo por toda a história, e no caso de Evelyn dizem que ela consegue derreter um diamante em apenas um toque, literalmente ela é a mais forte entre todas de sua casa. A senhora de sobretudo preto e cabelos curtos é Agatha a juíza  do mundo magico, ela vive cercada por soldados pelo fato de ser a mais odiada entre a Cúpula, seu poder é desconhecido, a única coisa que se sabe é que ela aparece e desaparece sendo envolvida por sua própria sombra. O garoto a sua frente é Caleb, ele é desentende da maioria dos ancestrais que formão o Concelho, e é o que entre aqueles nove melhor sabe usar a magia negra, a rumores que seu real poder vem de correntes, mas isso é um mito, já que ele nunca foi visto portando tal coisa. A mulher ao seu ado é a feiticeira pertencente a ultima dinastia coreana a Joseon, ela é uma bruxa caçadora, que coleciona objetos desse mundo e do multiverso, provavelmente ela é a mais interessada em vocês meus caros, ela é egoísta, fria e calculista.
Castiel olhou a forma como o garoto estava falando daquela bruxa e perguntou.
-Como você sabe tudo isso sobre ela, digo, em todos os outros ve falava eu acho, ou isso nunca foi comprovado, mas sobre ela você fala com uma certa certeza e com uma raiva.
O garoto respirou fundo e a respondeu.
-Simples, ela é minha mãe.
-O quê? –Disse todos em uni som.
-A mais alguma coisa que não sabemos e que deveríamos saber? –Perguntou Iago.
O outro olhou para o tumulto de madeira prontas para ser acesas e disse.
-A mais uma coisa, mas em breve vocês saberão, voltando, onde foi que eu parei mesmo? Felipe, ou como ele é mais conhecido, O Mestre dos Brinquedos, sua história até então é pouca conhecida, sabe-se somente que ele era um antigo alquimista, o melhor de toda a casa com exceção de Flamel, tanto que ele assumiria a posição de Flamel um dia na Cúpula, enfim, após desaparecer por alguns anos, ele retornou dominando um estilo diferente de magia, ora ele costura tecido em sua pele e usa lentes, outra seus olhos mudam de cor, sozinhos e tecidos aparece presos a sua pele, não sei dizer qual a diferença dele costurando o tecido ou ele aparecendo, mas seja como for, nunca comprem briga com ele, seu principal modo de atacar são fios feito de energia pura, uma vez pesos por eles, se torna impossível de escapar, esses fios surgi a medida que ele canta alguma musica de terror ou algo parecido. A de vestido curto e provocante é a senhorita Swan, a mais nova da Cúpula, sua origem também é desconhecida, mas ela é chamada de a Hibrida ou de Cisne Negro, ela foi a única a conseguir incorporar mas de um estilo de magia. Ela é a mais poderosa entre as vestais, conseguindo dominar as chamas perfeitamente, é a líder da casa dos ceifadores, se tornou a senhora da morte, e é tem os poderes de um antigo mito que fala sobre os pilares elementares, aparentemente ela é a que domina o pilar da terra, mas não conte isso a ninguém, eu sei disso por ter tido um vinculo de amizade com ela, os demais do clã desconhece o poder dos pilares, enfim, além de tudo isso, ela carrega consigo a lendária estrela negra, que só é usada junto de seu pilar com a autorização do regente, ou seja, ela possui um poder ilimitado entre todos os outros, ela possui praticamente o poder nível divino. E por fim demos o regente que assim que a fogueira for acesa ele entrara, seu poder é desconhecido, mas a rumores que dizem que ele é um estilo copiador, consegui copiar o poder de qualquer bruxo, e além do mais, ele conhece todos os estilos de magia descritos na história.
-Ai que coisa fofa é essa? –Perguntou Violet.
-Eles estão em todos os lugares. –Comentou Alan.
Shin começou a rir.
-Essa é a primeira vez que vocês veem uma criatura magica?
-Confesso que até eu estou surpresa com isso. –Disse Ira.
-Eu também. –Comentou Inveja. –Mesmo com toda minha experiência, nunca havia visto um.
-Interessante, creio que seja devido a barreiram então, por que no jardim de Alan tem algumas fadas e gnomos. –Shin disse. –Creio que seja devido o fato de seus poderes não estejam cem por cento desenvolvidos ainda.
-Do que vocês estão falando? –Disse Angel confuso. –Não estou vendo nada além dos outros bruxos.
-Talvez seja pelo fato de você ser humano, e é impossível para vocês verem tais criaturas. –Respondeu Pan. –Essa não é a primeira vez que os vejo.
-Ceio que no seu caso, você consiga os vê pelo fato de ser reencarnação de Caos. –Disse o coreano.
-Provavelmente. –Rebateu a garota.
-Shin. Tem alguma coisa errada? –Perguntou Luxuria. –Estou ouvindo algumas pessoas estranharem está aqui hoje.
-Normalmente as exceção são no ultimo dia do mês de agosto, mas esse ultimo regente é diferente, e a maioria não sabe de praticamente nada, e provavelmente levaram um certo tempo para entender.
-Está na hora. –Disse Shin olhando para uma das extremidades vendo Ruan com sua pele de lobo presa em sua cintura, ele caminhava lentamente em direção à fogueira.
-O que ele faz aqui? –Disse Violet surpresa com a presença de Johan em uma das mais importantes cerimonias “bruxericas”.
A atenção dos garotos foi tomada pela voz de Agatha que ecoava sobre os milhares ali presentes.
-Todos os aqui presentes ousam. Que o círculo se abra.
Bolas de fogo saíram das mãos de Ruan e o mesmo as lançou na fogueira.
-Shin, o que significa isso? –Castiel perguntou furiosa.
-Ruan nunca foi um humano que ama pesquisar sobre magia, ele na verdade é o Protetor, aquele que possui patê dos poderes do Lorde original.
Antes que ela ou mais alguém pudesse falar mais alguma coisa, Elion Surgiu tomando todos os olhares para sir, a presença dele era grandiosa, os magos de cristais mesmo não possuindo ainda a habilidade sentir presenças com mais precisão, sabiam que não apenas Elion, mas alguns outros ali presentes eram bastantes poderosos.
Vozes começaram a encher o ambiente, até que a voz estrondosa da chamada de juíza ordenou silencio.
Retirando o colar de seu pescoço, ele pronunciou algumas palavras, as quais os jovens não entenderam bem, invocando um enorme báculo.
Comentários começaram a correr ao redor dos jovens de cristais, e Shin não viu outra saída a não ser explicar sobre o báculo do destino aos que estavam ao redor, ficando de joelhos em seguida.
Após a Cúpula e os Anciões se ajoelharem todos os presentes fizeram o mesmo, incerto duas pessoas, que desafiaram a Cúpula e o regente.
-Quem são eles? –Perguntou Alan.
-Os problemas que eu disse que Elion estava enfrentando. –Respondeu Shin.
-Excalibur. –A voz de David ecoou sobre o ambiente e uma rajada de energia percorreu por meio dos bruxos sendo parado por Elion que agora exibia suas enormes asas.
-Ele é um anjo? –Disse Pan confusa.
-Não ousem se moverem. –Alertou Shin, qualquer movimento em falso e vocês serão acusados de traição.
-Que poder são esses. –Disse Castiel com os olhos vidrados nos dois que estavam prestes a batalhar. –Nunca sonhei em toda minha vida que tal poder fosse real.
Alguns bruxos ao redor dos garotos se levantaram e desapareceram, seguidos por mais de um terço dos ali presentes.
-Shin? –Disse Alan Sem saber o que faria.
-Apenas permaneçam ajoelhados, eu já disse. –Respondeu ele
Apenas movimentando a cabeça eles viram Elion sentar no trono no topo do altar, sua face não estava mais feliz como no momento em que entrou, ele estava serio, mas sua presença emanava algo que tranquilizou os que permaneceram presentes.
A cerimonia prosseguiu até Agatha anunciar o fechamento do circulo.
-Esperem. –Disse Ruan se aproximando.
-Não ouse chegar mais perto. –Respondeu Castiel. –Ou Aquele David não será o único procurado.
Johan no fundo sabia que aquilo ia acontecer, mas até então ele se recusava a acreditar.
-Ruan. –Disse Shin se aproximando, ele olhou para trás disse. –Pessoal.
-Não esquenta. –Disse Iago. –Sabemos voltar sozinhos para casa.
Os demais seguiram ele sem ao menos olhar para trais ou pensar em perguntar o porque dele não ter contado a verdade.
-Angel, você não vem? –Perguntou Alan para o outro que se recusava a acompanha-los.
-Seja como for, ele ainda é meu amigo, e merece a oportunidade de se explicar. –Respondeu o de cabelos coloridos.
Antes que Alan pudesse falar mais alguma coisa, Castiel segurou em sua mão e disse.
-Vem, não vale apena discutir agora.



III


Quatro meses depois

Após atacar a garota eles recaram para trás e esperaram a poeira baixar, vendo a garotinha de cabelos brancos ainda em pé protegida por sua barreira.
-Vocês realmente são idiotas em acreditar que poderiam romper minha proteção. –Os olhos dela ficam perolados, suas mãos foram unidas em forma de uma pirâmide e seus cabelos brancos se ergueram se movimentando, como se tivessem vida própria, sua esfera de cristal que flutuava em frente ao seu corpo adquiriu as cores das esferas dos demais, como se estivesse absolvido dota aquela energia. –Preparem-se pra morrer.
Uma forte luz tomou conta do lugar, e foi quando tudo acabou.


J. Aeff

2 comentários:

  1. ah? to passada aqui como assim tudo acabou eles todos morreram? nãooooo, mdssss e o dia da ascensão o reunião mais badalada em tanta gente poderosa, ameii a historia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk, continue lendo e descubra kkkkk
      a ascensão por outro ponto de vista, rsrsrs
      fico feliz q tenha gostado rsrs

      Excluir