Aviso!

Olá caro humano, seja bem-vindo ao nosso mundo sobrenatural! Se essa é sua primeira vez aqui, recomendo que comece a lê por nossa primeira história, “O Sequestro”, que pode ser facilmente encontrado se você abrir o botão da primeira geração, Detectives, que fica no menu acima. Caso você seja um de nossos fãs, tenha uma boa leitura e não esqueça de comentar, ou caso contrario, kraismos morderá todos vocês, isso se Castiel não lhe bater primeiro.

sábado, 24 de dezembro de 2016

47 - Prestes a quebrar





As águas se agitaram a mediada em que as três gotas de sangue caíram, Perola a esfera do Mago dos Cristais, não passavam de uma garotinha de oito anos de idades, longos cabelos brancos que davam um tom mais claro a sua pele pálida, seus olhos azuis claros, quase em tom cristal. Ao longe no recando da parede estava seu uso de pelúcia sentado em cima do Livro da verdade, criado pelo Lorde original, pertencente aquele chamado de ELE.
Diante da garota estava um enorme espelho redondo e dobre esse objeto havia água, e ao misturar seu sangue ao liquido, a imagem dos demais magos de cristal surgiu.
-São eles my lady? –Disse uma criatura do tamanho de uma mulher adulta, ela vestia um curto vestido na cor preto fosco, possuía enormes assas de demônio, em vez de unhas possuíam garras e seus olhos eram negros.
-Sim, são eles, minha doce Fúria. –Disse a garotinha com sua voz angelical.
-E o que exatamente my lady quer que eu faça com eles?
A garotinha encarou a criatura com um leve sorriso e disse,
-Os mate, ou morra tentando.




I
Já faz mais de um mês desde que o ultimo mago apareceu, e em todo esse tempo, sempre pensávamos que apesar de tudo, apesar de todos os nossos esforços e segredos, não conseguimos nada, além de perder o livro da verdade para uma garotinha de não mais que oito anos de idade. Não fomos competentes nem em descobrir, por quer Violet mudou, por que ela evoluiu, a única coisa que sabemos é que ela se tornou a mais forte entre os oito magos, entre os sete pecados, mas com tanto poder, a criança de cabelos brancos, a derrotou com um mero movimento de seu dedo.
Não chegamos a descobrir quem de fato foi o Mago dos Cristais, mas se a perola era de fato a sua esfera de poder, tanto eu como os magos de cristal estamos ferrados e sem ter a quem recorrer, pois aqueles que estão no poder, estão prestes a enfrentar sua própria guerra, e nós simples criaturas feitas de cristais, estamos a beira de um precipício, protos para quebrar.
-Alan, sua defesa está baixa, preste mais atenção ou acabará morto em batalha. –Disse Lace o treinando.
-Nesse ultimo mês ele até que progrediu bastante. –Shin disse se aproximando.
-Digo o mesmo do coloridinho. –Falou Iago segurando uma espada.
Naquele ultimo mês eles trabalharam duro, dando tudo de sir, para ficarem mais fortes.
Luxuria ficou encarregado de ensinar artes maciais a Avareza, e Ira de ensiná-lo magia.
Inveja estava ensinando a arte da espada para Angel, que nas horas vagas também aprendia a lutar com Luxuria. Mesmo Angel sendo humano, ele já estava envolvido de mais com os magos, e agora que soube que “Perola” está envolvida na morte de sua mãe, daria tudo de sir, para obter vingança.
Vaidade estava treinando com Ira e Inveja, com o intuito de fazê-los evoluir.
Já Preguiça, bom, quando não estudava, estava dormindo.
-Shin? –Disse ela se aproximando.
-Pan. O que faz aqui. –Respondeu o garoto.
Eles estavam ao redor da casa de Alan, um lugar gigantesco cercado por seu próprio bosque particular.
-Já li tudo o que você possuía sobre os deuses, mas não consegui muita coisa. –Respondeu a garota.
O coreano a encarou e disse.
-Bom, não tenho mais o que fazer para lhe ajudar, a não ser...
-A não ser? –Insistiu ela.
-A Cúpula provavelmente deve ter registros sobre os deuses, afinal de contas eles sabem tudo o que acontece no mundo da magia, talvez se eu hackear o sistema deles, posso obter algum registro sobre.
-Você poderia fazer isso? Eu ficaria muito grata.
O garoto corou e disse por fim.
-Claro, levarei algum tempo, mas logo, logo te chamo. –Disse ele entrando dentro da mansão de Alan.
Com um sorriso no rosto Pan disse.
-Angel, você tem um minuto?
O garoto olhou para Inveja que concordou com a cabeça.
-Claro. –Respondeu ele acompanhando a reencarnação do Caos.


Uma Duas semanas atrás.

Ao abrir a porta de sua casa, Preguiça encarou um garoto de cabelos coloridos.
-Será que eu poderia falar com você? –Perguntou Angel se aproximando da garota.
-Claro. –Respondeu ela. –Entre por favor. Do que se trata? Angel, Não é?
-Isso mesmo. –O garoto olhou para os lados e disse após respirar fundo. –Será que teria como você me ensinar magia?
-O que? –Disse ela incrédula. –Angel, magia não é uma matéria escolar para ser ensinada. Você não se torna um mago, você nasce um.
-Eu pesquisei sobre. –Disse o garoto. –Existe algumas categorias de magos, e uma dela são os praticantes. Humanos que aprendem a usa-la.
-Eu sei o que é um praticante. –Respondeu a garota. –Veja só, alguns humanos idiotas, acham que para ser mago, é preciso meche com ervas, adorar o demônio, sai a noite e vestir roupas pretas, mas não é bem isso. Magia de verdade fluir a partir da vida, tudo vem acompanhado de um preço, os nascido bruxos tiram seu poder de sua marca de nascença, um tipo de símbolo, o brasão de seu clã para ser mais especifica, essa marca fica normalmente na virilha do mago, porem outros, com raras exceções como os magos de cristal, tiram seu poder do pecado aprisionado na joia que lhe foi concebida.
-E se eu me tornar um mago, de onde irei tirar essa energia?
Preguiça o encarou e após respirar fundo, ela disse.
-Para começar, o Clã do Sol e da Lua, não ensinam magia a humanos, pois tê-los no clã, seria patético, a energia produzida por eles seria quase zero, e mesmo que fosse possível lhe ensinar, você é uma boa pessoa, não vale apena estragar sua vida com magia.
-Qual é o preço? –Insistiu ele.
-Sua vida. –Disse ela séria. –Os humanos que aprendem realmente o que é magia, e fazer verdadeiros rituais, a energia usada nesses rituais vem de suas vidas. Angel. –Disse Pan preocupada. –Se você aprendesse a usar magia, toda sua vida seria desperdiçada em um único golpe, que sinceramente, não seria mais poderoso que o que Violet iria usar na garotinha. –Pan o encarou e disse. –É por isso que você quer aprender não é? Para vingar sua mãe.
Angel apenas abaixou a cabeça em resposta.
-Sua mãe não gostaria de lhe vê morto, em uma tentativa frustrada de vingança. –Finalizou ela.
-Eu queria apenas poder ajudar com alguma coisa.
Com um sorriso Preguiça disse.
-Por quer não fazermos assim, você aprimora sua habilidade com a espada e se dedica nas ates maciais, e eu lhe ensino a usar os pontos vitais de seu corpo, pontos de pressão essas coisas, não é muito, mas pode vir acanha algum dia, ai em troca, você promete deixar essa história de vingança de lado, ou ao menos deixar, a gente cuidar daquela garota. Pode ser?
Sorrindo ele concordou com a cabeça.


Dias atuais

-Por que você não me mostra tudo o que aprendeu? –Disse Preguiça para o garoto.
Angel respirou fundo, sacou sua espada e saltou em cima de Preguiça. Seu salto foi nu mínimo dez vezes mais alto que os que dava nas aulas de educação física com sua mãe, seus olhos se moviam com mais velocidade e precisão.
Usando o vento, Pan fez m bastão e o usou para parar o outro em pleno ar. Suas pernas foram forçadas a fixarem mais ainda ao chão, devido a preção do ataque feito pelo outro.
Angel deu um mortal para trás e antes que pudesse avança novamente em cima da garota ela disse.
-Espere. Você está muito energia dessa maneira seu corpo não aquentará, como está sua alimentação?
-Não consigo evitar, essa força, simplesmente flui. Eu fiz como você mandou, bom eu já não comia carne, só comecei a comer peixe, aumentei  a variação de frutas e legumes que você mandou, e tomo uma vez por dia aquele negocio com gosto de abacaxi que você me deu.
A garota a encarou e disse.
-A alimentação irar mudar seu metabolismo, influenciando até mesmo no DNA, com o tempo você aprenderá a usar seu subconsciente, fazendo seu corpo se curar mais rápido, conseguindo até mesmo mudar a cor dos olhos se quiser. Mas isso leva meses, até mesmo anos, até mesmo para um bruxo normal, então coloridinho, vai com calma, ou você acabará morrendo.
Angel sentou-se em meio a grama e disse.
-Até você fica zoando meu cabelo. Poxa ele é bonitinho.
Pan começou a rir e disse sentando do lado do garoto.
-Relaxa, estava apenas brincando. –Disse ela colocando a mão nos cabelos do garoto. –Nossa. –Disse ela praticamente o fazendo carinho.
-O que foi –Disse ele preocupado.
-Seu cabelo é mais fino e sedoso que o meu.
Decepcionado com o que havia acabado de ouvir, ele apenas sorriu sem graça.
-E sua pele. –Disse ela passando a mão sobre o rosto do garoto. –É tão branca, macia e mesmo você todo sujo de terra, continua fofo. Você usa brilho nos lábios?
Ele a encarou constrangido e com o rosto corado e disse.
-Sim, eles ressecam quando não o passo.
-Que gosto será que tem. –Disse ela sem ouvir as palavras ditas pelo o outro e o beijando.
Sem saber o que fazer, ou coro reagir, Angel ficou apenas parado olhando para o nada.
Após um tempo Pan se afastou e disse ficando em pé.
-Desculpa, eu não sei o que... –Ela engoliu qualquer outra palavra que poderia falar e saiu correndo em direção à mansão.



Três semanas atrás

-Sejam todos bem vindos. –Disse Alan em frente a sua casa. –Creio que aqui seja um ótimo lugar para treinarmos.
-Puta que pariu. –Disse Luxuria. –Achei que Violet force a única riquinha entre os cristais.
Alan deu um leve sorriso e disse.
-Eu não sou rico, meus pais é que são.
-Isso é o que todo riquinho costuma dizer. –Respondeu Luxuria. –Sem querer estragar o clima de lugar de treino novo, vocês não acham que deveríamos nomear um líder?
-Nisso tenho que concordar. –Disse Inveja.
-Eu sugiro Vanelly...
-Violet. –Disse a de rosa. –Ai! Esqueci!
-Eu recomendo Castiel. –Disse Alan com um leve sorriso.
Violet e Castiel se olharam e ambas falaram juntas.
-Shin Jiho será o líder dos magos de cristal.
-O quê? –Todos os outros falaram em uni som.
-Ele é o único aqui presente que é um bruxo e não é de cristal, sem contar que o intelecto dele é o melhor, não apenas entre nós, ele é um gênio, o melhor que o mundo já conheceu. –Disse Vaidade.
-Espero que ninguém tenha nada contra. –Disse Ira ficando com os olhos vermelhos.
Shin que estava com o dedo levantado e a boca semi aberta olhou para os lados baixando os dedos em seguida.
Castiel olhou para o amigo e com os olhos serrados bufou pelas narinas.


Hoje

-Pan, eu já ia lhe procurar. –Disse Alan. –Shin conseguiu algumas coisas. –Ele a encarou e perguntou. –Você está bem?
Após respirar fundo ela disse.
-Sim, estou, onde Jiho estar?
-Por aqui. –Disse ele entrando dentro da casa.
Em silencio Caos o seguiu.
-Eu nunca vou me cansar de lhe vê fazendo isso. –Disse Lance olhando o outro teclando em alta velocidade.
-Apesar de haver três camadas de criptografia estilo militar, e algumas dezenas de hacker trabalhando para a Cúpula, eu conseguir passar por eles sem ser detectado.
-Claro. Você é um viciado. –Disse Castiel.
Shin olhou rapidamente para ela voltando a teclar e disse.
-Creio que seja pelo fato de eu conseguir usar cem por cento do meu cérebro e meus poderes sejam relacionados a tecnologia.
Ira o encarou e respondeu.
-Como eu disse. Você é um viciado.
Decepcionado e com uma áurea depreciava ele apenas prossegui adentrando dentro do sistema.
-Shin? –Disse Pan ao entrar.
O garoto se recompôs e disse.
-A Cúpula tem centenas de arquivos sobre os deles e suas devidas reencarnações, mas aparentemente de acordo com esses arquivos, os deuses mais poderosos como Zeus, Hades, Poseidon, Ártemis e alguns outros nasceram em um outro planeta. –Após um tempo ele disse. –Lux, acho que é esse o nome dele. A maioria dos deuses nasceram em um planeta chamado Lux, aparentemente ele fica em um outro universo, paralelo a esse, eu acho, estou baixando os arquivos sobre ele.
-Lux? Outro planeta? Acho que não entendi bem. –Disse a garota.
-Só um segundo, eu usei meus poderes para acelerar o funcionamento desse computador, mais o numero de arquivos é extremamente alto. –Os olhos de Shin estavam praticamente vibrando quando ele disse. –Terminei. –Ele se levantou, pegou um marcador e disse riscando o espelho de Alan. –Digamos que esse é o nosso planeta, existem teorias sobre a assistência de universos paralelos, onde existe outro eus. Deixe-me explicar melhor, digamos que de acordo com essa teoria, existe uma quantidade de planetas Terras, no mesmo lugar, vibrando em ritmos diferentes, e devido a isso não é possível vê esses planetas, e de acordo com essa teoria existe outros de nós em cada um desses planetas, ou amenos na maioria deles. Uma antiga religião diz que nossas almas são divididas e que cada um desses eus, compartilha a mesma alma. –Ele respirou fundo e prosseguiu. –O renomado físico Stephen Hawking, uma vez disse que se houvesse um buraco negro extremamente grande girando em uma velocidade absurdamente alta, e um ser humano ou qualquer matéria o atravessasse, era possível que essa matéria chegasse a um dos planetas ou universos, pertencentes a esse multiverso. –Ele respirou fundo e tentou limpar o espelho com os pulsos. –Bom, Para as bruxas essa teoria é um pouco diferente, e devermos levar em consideração que bem antes de Isaac newton descobrir a gravidade, as bruxas já sabia sobre sua existência, e quando toda a humanidade achava que um cometa era pressagio do mal, ou até mesmo o inicio do Apocalipse, elas já sabiam que não passavam de gelo, chumbo, diamante ou qualquer que seja o material que forme aquele cometa, passando próximo a orbitar da Terra, e elas sabiam com usufruir da energia cósmica que ele carregava, coisa que nem mesmo nos dias de hoje os humanos conseguem. Bom. Lux é um planeta semelhante ao que o Mago dos Cristais vivia, Para as bruxas, existe sim, centenas de planetas, de universos, cada um vivendo em anos e épocas diferentes, com cultura e culinária diferentes. A um planeta onde todos sabem usar magia, outro que a tecnologia é extremamente avançada, ou não há tecnologia alguma, onde todos sabem voar, ou vivem dentro da água, planetas que ainda vivem na idade media, e diferentes do que os humanos falam sobre buracos negros é necessário bem mais que isso para se atravessar um portal, é necessário um poder incrível para tal proeza.
-Tá. –Disse Pan. –Mas, como alguns espíritos de antigos bruxos dessa terra, reencarnaram em outra terras.
O garoto foi até o computador e retirou um pequeno pen drive de lá e disse em seguida.
-Aqui tem quase um terabyte de arquivos falando sobre isso, boa sorte em sua pesquisa e tenha um ótima leitura. –Disse ele de forma sínica.
Antes que ela pudesse falar algo eles ouviram um grito cindo do lado de fora.
-Castiel, o que ouve. –Disse Shin ao sai.
-Uma Fúria? –Disse Pan olhando a criatura voadora atacando, os demais magos que estavam do lado de fora da casa.
Alan e Luxuria se juntaram ao lado de Jiho e Preguiça.
-Não fiquem ai parados e nos ajudem. –Disse Iago se transformando após se transformar de um corvo a um humano. –Esfera do anoitecer. –Disse ele lançando uma esfera de sombras sobre a criatura mitológica.
-Castiel, tente acertar as assas dela, -Talvez isso faça com que ela fique em terra firme. –Disse Vaidade com um dos braços cortados e sangrando, aparentemente ela foi a primeira a ser atacada, e o grito ouvido pelos demais tenha sido dela.
Violet se concentrou e após reduzir o ritmo de sua respiração, os cortes em seu braço começaram a ser curados.
“Talvez tenha sido aquilo que Pan me falou sobre dominar o subconsciente.” Pensou Angel.
-O que você faz aqui Fúria? –Perguntou Pan, começando a fazer os elementos da natureza lhe cercar.
-Caos? –Disse a criatura alada a encarando. –Você reencenou? Não importa, matarei todos vocês.
-Não ouse. –Disse Angel saltando apara cima dela com sua espada.
-Angel seu idiota não. –Pan falou, mas antes que ela pudesse fazer algo Fúria o desarmou usando suas garras, e segurando ele pelo pescoço o arremessou ao chão.
-Sua desgraçada. –Disse Pan voando em direção a ela, mas parou ao ver uma rachada de luz azul passar por ela.
Alan estava parado em frente a Fúria, ele bailava sobre o ar, em suas costas haviam asas azuis feitas de pura energia.
Castiel correu em direção a Angel que aparentemente estava com fraturas em suas costelas e começou a cura-lo.
-Achei que o poder dele só servisse para criar objetos. –Disse Iago criado uma nebrina ao redor de Castiel e Angel, os escondendo de Fúria, para caso ela tentasse atacar a de vermelho antes que ela pudesse amenizar os estragos feitos pela a de asas.
-Nuca mais. –Dizia Alan. –Ouse tocar em um de meus amigos novamente. A energia que saia de seu corpo, começou a cercá-lo, e um emblema surgiu abaixo de seus pés.
Aquele poder começou a engoli-lo, até começar a se concentrar do lado direito de seu corpo, sendo sugado para sua virilha.
-Tá de sacanagem. –Disse Iago.
-Ele evoluiu? –Perguntou Castiel.
-Puta merda. –Disse Shin. –Isso não é uma evolução, é uma aceitação.
-Como? –Perguntou Luxuria.
-O clã, o reconheceu como mago do Sol e da Lua, por isso o Emblema. Cadê Ruan quando precisamos dele?
-Preparasse para voltar de onde você nunca deveria ter saído. –A postura de Alan havia mudado, ele estava mais neutro em relação a seus sentimentos, e mesmo sem as assas ainda flutuava, em suas mãos surgiu uma lança deita de energia azul. –Volte para o inferno criatura desprezível.
Sangue saiu da boca de Fúria, seus olhos estavam completamente abertos preenchidos pelo medo, com um único golpe, Alan fez sua lança atravessar o corpo dela.
Fúria foi de encontro ao chão, onde foi cercada por sombras e desapareceu.
Com a respiração ofegante, Alan encarou os demais e correu em direção a seu amigo, onde os demais se reuniram.
-Pessoal, acho que estamos envolvidos em encrencas. –Disse Luxuria.
-Perdão disse Vaidade.
-Vocês não estão evoluindo, estão dizendo sim a seus poderes, e ao Clã o qual eu pertenço. –Respondeu Shin.
-E qual o problema nisso? –Perguntou Castiel. –Todo bruxo tem que ter um clã, são raros os bruxos solitários que tem um vasto poder.
-Essa é a questão. –Disse o coreano. –Vocês são diferentes, são magos que quebram a logica desse mundo, vocês conseguiriam poder, sem precisar a unificação par um clã. A Cúpula são feitas por víboras, e se vocês se unirem a ela, será usados como escravos, armas de guerra.
A Atenção de todos foram direcionadas a uma garotinha que se aproximava rindo.
-Você descobriu. –Disse ela se aproximando arrastando seu uso pelo chão.
-Você? –Disse Shin. –Não me diga que a Fúria foi ideia sua?
Ela apenas sorriu em resposta.
-Desgraçada. –Disse Alan tomando a frente, sendo seguido por Violet.
-Só porque vocês evoluíram, ou como seu amiguinho disse, aceitaram o clã, acham que podem ir contra mim? Não vir para lutar, apenas para alertar, que tudo vem seguido de um preço, dizer sim ao clã. Dá acesso completo a seus poderes, porem lhe tornaram escravo dele.
-Falou a vadiazinha que mandou um demônio mitológico para nos matar. –Disse Iago ficando em pé.
A garota de cabelos brancos disse.
-Ninguém antes me chamou de vadia, ou você é extremamente corajoso ou é um completo idiota.
-Magos? –Disse Pan.
Tosos os magos cercaram a garota e começaram a canalizar energia para o centro de suas mãos.
-Nós prepararmos por um mês, para caso você voltasse. –Disse Luxuria.
-Você pode nos derrotar individualmente, mas juntos, somos mais poderosos. –Falou Castiel.
A garotinha soltou seu uso no chão e disse batendo palmas e rindo.
-Não acredito que vocês acham que podem ir contra mim? –Ela ergueu a mão sobre sua pelúcia e uma bola de cristal saiu de dentro dele, , dentro daquela esfera havia uma bela perola que sumiu assim que a garota segurou a esfera. aquela definitivamente era o símbolo do poder do Mago dos Cristais. –Podem vir com tudo o que vocês têm.
Seguindo a mesma ordem, todos lançaram seu poder em direção a garota, mas toda aquela energia foi sugada para dentro da esfera em suas mãos. Shin tentou ataca-la por trás usando a espada de Angel, mas foi repelido por uma barreira invisível que protegia a de cabelos brancos.
Ela olhou para o nerd ao chão e disse.
-Vocês viveram mais um dia.
Antes que ela pudesse ir embora, um frio tomou conta de seu corpo. Não a penas do dela, mas de todos os ali presentes com exceção de Angel.
-O que foi isso. –Disse Pan assustada.
-Um aviso. –Respondeu a de cabelos brancos.
Os demais olharam para ela.
Com um leve sorriso ela disse.
-Mesmo ELE sendo do clã Sol e Lua, ELE será o regente de todo o mundo magico, esse frio que vocês sentiram, foi um aviso, sua ascensão será daqui a alguns dias, então se preparem, pois quando menos vocês esperarem estará diante o bruxo mais poderoso da história. –Ao terminar de falar um forte vento soprou e a garota desapareceu semelhante a uma sombra engolida pela luz.
E para piorar meu caro Johan, estaremos na cerimonia de ascensão, onde você como protetor acederá à grade fogueira, não sei como os Cristais iram reagir, deveríamos ter contado logo a verdade, agora eles acharam que foram traídos por você, e que nunca ouve uma amizade, que tudo não passou de um plano da Cúpula para tê-los. Se aqueda no precipício não os quebrar, a verdade assim o fará.
Me responda o quanto antes.
Shin Jiho



J. Aeff

2 comentários:

  1. Nossa que bonitinho o beijo do Angel e a Pan eu super curto esse casal, e essa menininha dos inferno de novo pra atrapalhar, adorei a história

    ResponderExcluir
  2. primeiro, não comento nada.
    segundo a menina é fofa kkkkk
    terceiro, fico feliz q tenha gostado heueuhuehuehheu

    ResponderExcluir